segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Fleur de Jean Gué 2002



Vinho : Fleur de Jean Gué
Tipo : Tinto Seco
Safra : 2002
País : França
Região : Lalande de Pomerol
Produtor : Chateau Fleur de Jean Gué ( Família Vedrenne)
Castas : 80% Merlot e 20% Cabernet Franc
Onde Comprar :  Free Shoping Parque Recreio (Fortaleza)
Preço : R$ 65,00

               O Chateau Fleur de Jean Gué é uma propriedade de 13 hectares no coração do Lalande de Pomerol, de solo argiloso e vinhas de 25 anos de idade em média, que produz um vinho no, meu modo de ver, com pouquíssimo defeito.
                Sempre ouvi que: vinho francês no Brasil é muito caro e que pra você tomar um Bordeaux de boa qualidade, tem sempre que pagar fortunas. Esse vinho, na minha opinião, chegou pra quebrar todos esses paradigmas. Um excelente custo benefício. Realmente um Bordeaux de grande categoria.
                Cor vermelho rubi com halo terracota, lágrimas abundantes e lentas. Aromas de frutas vermelhas maduras e caqui. Chama atenção pelos aromas terciários de couro, pimenta, café, pão torrado, tabaco e notas animais. Na boca, elegante, taninos suaves, álcool quase imperceptível, acidez na medida certa. Tem uma boa persistência, não é das mais longas, porém, não deixa a desejar. Um vinho bem evoluído, perfeito pra ser bebido agora.
                 Esse belo francês foi levado pelo acaviano Selmo Coelho no encontro hendonístico da ACAV, que aconteceu no Restaurante Cabaña del Primo em Fortaleza. No jantar pedi carré de carneiro com batatas no molho de shimesh. Acertei no pedido. Combinou perfeitamente!
                 Mais um vinho que eu aprovo e indico. O preço tá muito convidativo. De resto, é só parabenizar o Selmo pelo excelente vinho e o pessoal do parque Recreio na pessoa do Paulo Elias pela bela importação.
PS. Estagiou 12 meses em barricas de carvalho francês, um terço novas.

2 comentários:

pimentel disse...

Vou provar esse, Romulo. Excelente custo beneficio. Fora que normalmente os lalande Pomerol e Pomerol ja sao mais caros, pela pequena producao. E o mesmo estilo de um Pomerol,em que a grand estrela e o famoso Chateau Petrus, com grande concentracao de Merlot, caracterisco dos produtores do lado direito do rio, por ter um solo mais arenoso. E o restante De C. franc, tambem caracteristico dessa area. No lado esquerdo do rio, ao contrario, prevalece o solo pedregoso, ideal para o Cabernet Sauvignon. E 2002 e uma safra intermediaria, boa e acessivel. Parabens pela dica. Um abraco, Pimentel.

Anônimo disse...

Amigo Rômulo,

Fico muito feliz em saber de sua avaliação de nosso vinho. Concordo plenamente quando mencionas que o vinho está no momento certo de consumo! vinho com características próprias de um Bordeaux com a evolução que se espera de uma safra 2002. Um nariz que não possui uma grande persistência, mas que encanta pelos aromas complexos e delicados a serem explorados.

Saudações Vínicas!
Paulo Elias

Postar um comentário